Benguela

Benguela é um dos pontos culturais mais activos no país, também conhecida como a cidade das acácias rubras e um dos pilares de desenvolvimento no país.

História

Benguela é um dos pontos culturais mais activos no país, também conhecida como a cidade das acácias rubras e um dos pilares de desenvolvimento no país. Historiadores contam que a província de Benguela foi fundada á 17 de Maio de 1617. Após 24 anos (em 1641), Benguela é separada do reino do Congo, apesar de ainda se mantér um país fronteiríço para a província. A cidade foi então conquistada pelas forças holandeses que expulsaram os invasores do território benguelense com o auxílio e intervenção dos portugueses, que imigraram no interior de Benguela.

Depois de ser integralmente destruída pelas forças francesas, a província de Benguela é finalmente reconstruída entre os anos 1705-1730, tendo como o seu primeiro património monumental (construção feita de pedra) a Igreja Nossa Sra do Pópulo. Um tempo depois é construído o Caminho de Ferro de Benguela, ligando a capital da província de Benguela (Lobito) e a cidade da Beira (Moçambique). Posteriormente, o famoso Porto do Lobito, onde pelos sistemas ferroviários do Congo, é possível fazer várias exportações dos mercados internacionais para a cidade de Benguela.

Geografia e Dados Demográficos

  • Área Total – 39.826Km² 
  • População – 2.036.662
  • Temperatura Média – 24º
  • Clima – Tropical Árido
  • 9 Municípios
  • Língua oficial – Português
  • Língua tradicional – Umbundu
  • População Maioritária: Ovimbundu e Nganguela.

A cidade das Acácias Rubras é reconhecida pela beleza admirável das suas praias, destacando a Baia Azul, Baía Farta, entre outras. A agricultura, a pesca e a pecuária são as principais actividades desta população litoral no centro de Angola, fazendo fronteira com as províncias do Kwanza Sul, Huambo, Huíla e Namibe. A província está dividida em 9 municípios: Benguela, Baía Farta, Balombo, Bocoio, Caimbambo, Chongoroi, Cubal, Ganda e o Lobito.

Como chegar

Ao chegar a Luanda manifestando a intenção de visitar a província de Benguela, tem a opção de viajar de avião ou ainda por estrada (autocarro). 

Avião

Para voos internacionais e nacionais, há 2 companhias aéreas que pode usar: TAAG Linhas Aéreas de Angola e a Fly Angola. Estas têm voos regulares que podem levar-lhe para 13 das 18 províncias de Angola incluíndo Benguela. Chegando a Benguela, desembarcará no Aeroporto 17 de Setembro onde estará perto de algumas opções de serviços transporte.

Autocarro

Os acessos por estrada têm vindo a melhorar e a viagem de Luanda por este meio é agradável devido à bonita paisagem. Portanto, se viajar de avião não for a sua primeira opção, a Macon Transportes é a nossa empresa de serviços de autocarros interprovinciais mais conceituada e que, para além de poder levar-lhe as províncias que deseja em viagens domésticas, tem também a rota Luanda-Windhoek. Lembrar que Benguela faz fronteira com a província do Huambo e Lubango, que tal visitar essas províncias durante o seu passeio turístico a Benguela?

Onde ficar

A província de Benguela oferece uma diversidade de alojamento, desde resorts, lodges, hotéis, guesthouses, aldeamentos turísticos, etc. Ao chegar, irá deparar-se com o Colina Resort que fica localizado no Morro da Catumbela. Não deixe de consultar a secção de alojamentos onde vai encontrar as melhores opções de onde acomodar em Benguela e não só. Se preferir uma estadia mais aculturada e recheada de experiências locais, convidamo-lhe a visitar a versão nacional do Air Bnb, Boa Estadia.

Transporte

Para efeitos de transporte na cidade de Benguela não tem com que se preocupar, o Welcome to Angola lhe sugere as opções que se ajustam a todos os bolsos:

Serviços de rent-a-carKalu car; Alive Travels;

Serviço de táxi semelhante ao Ubber: Kalu car; Kubinga; 

Transporte público: Opcionalmente poderá ainda  explorar a opção dos táxis azul e branco que circulam pela cidade. De salientar que, ao usar esses carros não conhecendo a cidade, deve cuidadosamente recorrer a ajuda do lotador (cobrador), do motorista ou de alguém que esteja sentado ao seu lado. O povo angolano é muito acolhedor e sempre pronto a ajudar.

O que comer

Na busca para degustar dos melhores pratos típicos com sabores da terra, caso venha de muito longe, um ds pratos típicos de Benguela é o calulú de peixe que é acompanhado com o funje de milho branco e lossaca ou lombi de abóbora. Você não pode deixar de visitar esses restaurantes, se deseja provar dos pratos típicos da província:

  • Cassanga Bar;
  • Tudo na Brasa;
  • Morena Beach;
  • Restaurante Bodona;
  • Restaurante Joanas;
  • Restaurante Mil Cidades.

Para mais informações visite o website parceiro Luanda Nightlife

O que fazer

Já estando em Benguela, você tem várias opções de lugares magníficos para entretenimento, aventura e exploração turística. Pode visitar as lindas praias da Caota que é excelente para um mergulho subaquático, a da Caotinha uma pequena praia de águas muito límpidas, à qual se chega pelo Morro da Caota, a Baía Azul, Baía Farta, ou ainda a famosa Praia Morena. A 20 km de Benguela, situa-se o Parque Regional da Chimalavera e a 30km para sudeste, a Reserva Búfalo.

Pode ainda visitar um dos melhores portos naturais da costa africana onde o porto de águas profundas liga ao caminho-de-ferro de Benguela, daí atravessa todo o país e as fronteiras da Zâmbia e da República Democrática do Congo.

O que trazer na mala

Se planeja visitar a província de Benguela entre os meses de Maio á Agosto (meses frios), deve se fazer acompanhar de roupa de cacimbo. Em contrapartida, os meses de Setembro á Abril são normalmente mais quentes (época do verão), ideais para visitar as melhores praias de Benguela. No entanto, deve sempre se fazer acompanhar de roupa de verão (roupa de praia, shorts, etc.), protector solar, chinelos, dinheiro em mão, uma vez que Angola ainda vive muito da economia informal. Se for um visitante estrangeiro, deve ter consigo o cartão de vacinas actualizado. 

As roupas de cacimbo acabam por ser indispensáveis quando se trata de províncias como Huambo, Lubango e Benguela também, onde o cacimbo parece durar mais do que nas outras províncias.

Para mais informações relacionadas as estações do País, visite: INAMET

Dicas para gerir as suas expectativas

Diferente das outras províncias (ex.: Luanda), Benguela é uma província não muito agitada. Apesar da existência de pontos positivos, não se podem descartar os pontos negativos ou algumas condições desconfortáveis com as quais poderá se deparar:

  • Evite andar em ruas sem iluminação (ou onde só estejam pessoas que não o inspirem confiança) com o seu telefone na mão;
  • Existem muitos lugares em que terá o melhor atendimento ao cliente, porém, há muita probabilidade de que alguns lugares não terão o melhor atendimento. Nesses casos, você só deve mantér a calma;
  • O povo Benguelense é um povo muito acolhedor, por uma questão de socialização é recomendado saudar as pessoas por quem passa;

O que levar para casa

Você não pode sair de Benguela sem levar consigo as sementes da planta acácias rubras, que são o maior símbolo representante da província. Para tal, pode visitar o Viveiro Municipal de Benguela onde vai encontrar as acácias rubras, além das outras espécies de plantas para levar consigo. 

Opcionalmente, você pode levar consigo alguns dos quitutes da terra como:

  • Abóbora;
  • Lossaca;
  • Banana Pão;
  • Ginguba;
  • Carnes;
  • Frutos do mar.

Adicionalmente, pode comprar algumas lembrancinhas como roupas e acessórios a preços acessíveis em lugares como a Masmorra e a Transgoia.

Adicional

Visite também:

  • A Igreja Nossa Senhora do Pópulo, construída em 1748 no estilo barroco;
  • A Ermida da Nossa Senhora dos Navegantes, de 1957, onde se festeja a Santa a 17 de Maio;
  • A Capela da Nossa Senhora da Graça;
  • O Palácio do Governo, um lindo exemplar da arquitectura colonial;

Já sabe, se vier para Angola, não se esqueça de visitar a província de Benguela, a cidade que tem sido um retiro de fim de semana para muitos luandenses, oferecendo um ambiente mais calmo face ao ritmo da capital angolana. Há muitos pontos turísticos por explorar naquela província.

Diga-nos, por favor, se este artigo foi útil para si nos comentários abaixo!

Em formação

Descobrir  

Directório

Descobrir  
pt_PTPortuguês