Muxima - Kissama

Muxima – Kissama

Fazem parte da província de Bengo, a qual ‘abraça’ a província de Luanda e é constituída por 5 municípios: Ambriz, Icolo e Bengo, Muxima, Nambuangongo e Dande.

É nesta área que se encontra o Parque Nacional da Kissama e a Igreja de Nossa Senhora da Muxima, locais obrigatórios para uma visita.

Muxima significa coração em kimbundu e a sua igreja é monumento nacional desde 1924.

Igreja da Nossa Senhora da Muxima
A Igreja de Nossa Senhora de Muxima alberga o santuário da Nossa Senhora da Muxima, o qual recebe anualmente milhares de peregrinos, sobretudo na altura da Festa da Nossa Sra. da Muxima, em Setembro.Foi construída entre 1641 e 1648 após a transferência da imagem da Nossa Senhora da Muxima pelos holandeses para esse local.

Situa-se em Muxima a cerca de 130 km de Luanda.

Fortaleza da Muxima
Foi erguida em 1599 pelas forças portuguesas num monte na margem esquerda do rio Kwanza, como defesa do presídio que aí servia de entreposto de mercadorias e escravos. Também foi decretada como monumento nacional em 1924.

Parque Nacional da Kissama
A 75 km a sul de Luanda, o Parque Nacional da Kissama tem uma área total de 9600 km², localizada entre o Oceano Atlântico, o rio Kwanza e o rio Longa. 

Conta com um estabelecimento para visitantes, uma pousada e vários bungalows.

Em 1938 foi estabelecido como reserva de caça e, em 1957, foi transformado em parque nacional.

A vegetação varia muito das margens do Rio Kwanza para o interior do Parque, com mangais, mata densa, savana, árvores dispersas, cactos, embondeiros e grandes zonas de arvoredo.

A fauna também é abundante e variada. Existem manatins africanos (Trichechus senegalensis), palancas vermelhas (Equinus hippotragus), talapoins (Miopithecus talapoin) e tartarugas marinhas. Existe também uma grande variedade de aves.

As grafias Quiçama, Quissama e Kisama também são frequentes.

pt_PTPortuguês