Kwando Kubango

A província do Kwando-Kubango é a segunda maior província de Angola, situada no sudoeste do país. Saiba como chegar e descubra os melhores hotéis, e restaurantes, e lugares turísticos que não podem deixar de serem visitados.

História

A província do Kuando Kubango uma das 18 províncias de Angola, localizada na região leste do país. Tem como capital a cidade e município de Menongue. O nome Kuando foi atribuído em homenagem ao rio Cuando que nasce na província do Moxico, quanto ao nome Kubango foi atribuído em homenagem ao rio Cuando que nasce na província do Huambo.

Em 1920 Portugal resolve criar o distrito do Kubango, tornando, somente em 1921, a povoação de Serpa Pinto em vila, fato que permitiria que a mesma tomasse o estatuto de capital distrital. Em 1934 o distrito sofre alterações administrativa, sendo extinto.

Em 21 de Outubro de 1961, pelo diploma legislativo ministerial nº 51, recria-se o distrito do Kuando-Kubango, estabelecendo Serpa Pinto como sua capital, que, nesta mesma data, foi elevada à categoria de província.

Dados geográficos e demográficos

  • Área total – 199.049 Km2
  • População – 510.369
  • Temperatura – 20ºC
  • Clima – Tropical de Altitude
  • 9 Municípios

Faz fronteira a norte pelas províncias do Bié e Moxico, a leste pela República da Zâmbia, a sul pela República da Namíbia e a oeste pelas províncias do Cunene e Huíla.

A capital da província é a cidade de Menongue, a qual está a 1.051 km de Luanda e a 342 km de Kuito.

Municípios

A província divide-se nos seguintes 9 municípios: Calai, Cuangar, Cuchi, Cuito Cuanavale, Dirico, Mavinga, Menongue, Nancova, Rivungo.

População

Tem cerca de 500 mil habitantes, sendo a menos populada e ocupa uma superfície de 199.049 km². Está a uma altitude média de 1.500m e enquadra-se na zona planáltica, caracterizando-se pelo seu terreno plano.

A língua mais falada é o N’Ganguela, seguido do Tchokwé, e a sua população é composta sobretudo pelos N´Ganguelas, que se sub-dividem em N´Yembas e M´Buelas; os Mucussos e os Kuagares.

Natureza

A província caracteriza-se por três grandes zonas de vegetação, maioritariamente compostas por floresta densa seca, savana com arbustos e árvores na metade setentrional, quadrante noroeste. No sudoeste pode-se destacar a reserva parcial de Luiana caracterizada por madeira preciosa espécies de mussivi, girassonde, mume, mupanda muinga, entre outros.

Das espécies de animais que habitam no território do Kwando-Kubango destacam -se as seguintes: Palanca Real, elefantes, rinocerontes, hipopótamo, nguelengue, ngunga, leão leopoldo, hiena, búfalo-Africano, onça, pacaça, javali, cágado, avestruz, palanca Preta (vulgar caeni), pangolim e iversidade de aves e répteis.

Festas

As festas da Cidade comemoram-se a 21 de Outubro. Normalmente as festividades e eventos são efectuados no espaço da Feira Comercial, no centro da cidade de Menongue, que só abre nestas ocasiões.

Como chegar

Menongue possui um aeroporto, o Comandante Kwenha e mais três campos de aviação nas localidades do Kuito Kuanavale, Mavinga e Rivungo com capacidade para aviões de pequeno porte.
O mercado é explorado pela Companhia Aérea Nacional TAAG Linhas Áereas de Angola com quatro voos regulares de passageiros por semana.

No que diz respeito aos acessos rodoviários, é possível chegar à província saindo de Luanda em direcção às províncias de Benguela, Huambo e Bié ou então passando pelo Dondo, Huambo e Bié. Com as companhia rodoviária Macon.

Onde ficar

Para manter uma estadia tranquila e com atendimentos excelentes nos serviços poderá visitar as seguintes unidade hoteleiras:

 

Pratos típicos e onde comer

NA província do Kuando Kubango são cultivados alimentos como o milho, o massango, a massambala, o feijão a mandioca, amendoim, a batata-doce e as hortícolas. A pesca artesanal tem uma tradição no Kuando Kubango e é exercida principalmente nos rios existentes na província. Como opção poderá provar o mufete que é um prato tipico de desta região, batata doce, acompanhado com feijão de olho de palma, salada, farinha e peixe grelhado

Para degustar da gastronomia angolana deverá visitar os seguintes restaurantes na província do Kuando Kubango:

  • Restaurante Sabores da Fanílcia;
  • Restaurante Ponto Verde;
  • Como também poderá procurar alguns restaurantes juntos as unidades hoteleiras, ou barracas do mercado informal que são especializados na gastronomia nacional.

Transporte

Existem 3 maneiras para se deslocar dentro da província, que podem ser as seguintes:

  1. Rent a Car, que poderá ser encontrado em algumas unidade hoteleiras da província.
  2. Candogueiro (Táxi automobilístico que leva mais de 8 passageiros) cobra-se 150 Kwanza por viagem que são aproximadamente 0,23 Dólar Norte Americano e 0,20 Euro. O mesmo acontece com as cupapatas.
  3. Cupapatas (Táxi motorizado).

O que fazer

Nesta província, pode visitar as seguintes reservas naturais:

  • Reserva Parcial do Luiana, estabelecida como reserva parcial em 1966 com a extensão de 8.400 km2, flora e fauna diversificada, onde se destaca uma grande concentração de elefantes. Localiza-se perto das fronteiras com a Zâmbia e a Namíbia.
  • Reserva Parcial de Mavinga, com uma extensão de 5.950 Km2, alberga elefantes, rinocerontes, palanca negra, leões, leopardos, hienas e avestruzes.
  • Parque Natural Regional do Cuelei com uma extensão de 4.500 km2.

Os rios Kuvango, Kuatato, Kuelei, Kueve, Kuando, Kuzumbia, Kujamba,  Kueio, Matungu, Muhondo, Kapembe, Cuchi, Lomba, Kuito, Kuanavale e Longa constituem os recursos hídricos de maior importância para o desenvolvimento económico de região.


Outros Locais a Visitar

A Montanha do Malova, as Quedas de Maculungongo e Quedas do rio Cutato,– no município de Cuchi.

As Ruínas do Forte Muene Vunongue , situadas nos arredores da cidade de Menongue.

Campo Político do Missombo,– centro histórico situado a 15 km da cidade do Menongue.

Monumento da batalha do Cuito-Cuanavale. Fica a Sudeste de Menongue na Comuna do Cuito-Cuanavale.

Pinturas Rupestres –na localidade do Bototo, no Município de Cuchi.

Nas ilhas do Rio Kuebe, ilha de São Clemente (ex. ilha de São Valentim), ilha Flor, em Menongue, e na ilha de Somawanbange, em Cuchi, é possível tomar banho, assim como na barragem de Cambumbe.

O que trazer na mala

  • Roupa de verão;
  • Chapéu e óculos de sol;
  • Botas para desertos;
  • Chinelos, sandálias;
  • Protector solar;
  • Câmara fotográfica;
  • Dinheiro vivo (ainda vivemos muito da economia informal);
  • Cartão de vacinas (caso venha de fora do país);

Dicas para gerir as suas expectativas

  •  Relativismo cultural;
  • As vias na município são de fácil acesso, ruas sem trânsito.
  • Em algumas regiões é bem provável que haja a falta de energia eléctrica;
  • Algumas regiões não tem a cobertura de rede das telefonias moveis de Angola. Neste Caso é aconselhado a trazer um telefone via satélite que nem a Thuaraya;
  • Ao fazer uma visita em alguns rios e outros pontos, requer a permissão das autoridades locais. As autoridades fazem um ritual em espécie de oferenda ou sacrifício, com objectivo de invocar espíritos que darão  a permissão para se realizar a visita;

O que levar em casa

Como recordação da visita ao Kuando Kubango poderá levar as seguintes ítens:

Foto no Memorial Cuito- Canavale

Roupas de trajes africano

Quandro de arte, retratandoa identidade Áfricana

Agora poderá usufruir de uma visita completa à segunda maior província de Angola.  Diga-nos, por favor, se este artigo foi útil para si nos comentários abaixo.

Bom proveito!

pt_PTPortuguês