Moxico

Moxico é uma das província de Angola que faz parte da cultura cockwe. Rica em recursos minerais a província dispõe de lugares exóticos e espécie de animais raros.

História

Moxico é o nome da maior província de Angola que ocupa uma área de 223.023 Km2, fica localizada no lado leste. O termo Moxico deriva de “Mukiko”, é um cesto que era usado para fazer a pratica de pesca artesanal. A província foi fundada aos 15 de Setembro de 1917.

Moxico era território dos povos bantus que estavam subdivido em 4 grupos étnicos que são os seguintes: Cokwe; Lunda; Ganguela; Lubas.

No século XVII o estado Lunda passou a ser o primeiro Império Lunda (Parte da República Democrática do Congo; Zâmbia; Parte Leste de Angola), sob o reinado da rainha Lweji Nkonde. Meados do século XIX surgiu o segundo Império Lunda (com a sede no Luena), sob o comando do reino Lunda-cokwe.

As potencias coloniais (Portugal, Bélgica, Inglaterra) não aceitaram o surgimento do segundo Império, por esta razão teve a Conferencia de Berlim para a repartição dos territórios e por fim ao reino Lunda- Cokwe.

Capital

A sua capital é Luena, outrora apelidada de Vila Luso. Está a 1.314 Km de Luanda e a 265 Km de Lunda Sul.

Luena também é conhecida como a cidade da Paz. Pois foi nesta província em que se deu o fim da guerra civil de Angola que durou 27 anos (1975-2002). No dia 4 de Abril de 2002 foi assinado o dia nacional da Paz em Angola. Para simbolizar a Paz foi construído o Monumento da Paz no Luena (2012).

Geografia e dados demográficos

  • Área Total – 223.023 Km2
  • População – 854.258
  • Temperatura – 23ºC
  • Clima – Tropical Húmido
  • 9 Municípios

A província encontra-se repartida pelos seguintes municípios: Alto Zambeze, Bundas, Camanongue, Léua, Luacano, Luau, Luchazes, Lumeje, Moxico.

Clima

O clima é tropical quente e húmido com temperatura média de 22ºC e as características duas estações: chuvosa e seca.

População

Cultura

A cultura local é constituída pelas tribos Tchokwes, Luchazes, Luvales, Umdundus, Lunda-Dembos, Bundas além de outros grupos étnicos linguísticos menores. A língua mais falada é o Tchokwe.

Dança tradicional Tchianda é um ritmo que pertencente a cultura Cokwe que em Angola encontram-se em maior número nas províncias do Moxico, Lunda Sul e Lunda Norte. A música tradicional da dança Tchianda chama-se “Estilo Sassatsokwe”.

Mucanda: É um ritual de circuncisão masculina. Na cultura Cokwe é a passagem da infância para a fase da idade adulta. Os Tundandgis “nome dado aos circuncidados” são mantidos longe das famílias durante um certo período de tempo de 2 à 6 meses.

Como chegar ao Moxico

Para visitar o Moxico existem 3 vias de acesso à província que são as seguintes:

Voo

A província de Moxico dispõe de 2 aeroportos. Por um lado temos  o aeroporto de Luena (Comandate Dangereux) recebe aviões domésticos de pequenos e de grande porte das companhias TAAG e SLJ AEORONÁUTICA. Por outro lado temos o aeroporto internacional do Luau (General Sapilinha Sambalanga). Recebe rotas de países vizinhos como o Congo e a Zâmbia.

Autocarro

O tendo Luanda como ponto de partida, chega-se a empresa de transporte interprovincial (Macon) localizado no bairro Gamek. O autocarro passa as províncias do Bengo, Kwanza Norte, Malanje e o termino é na Lunda Sul, onde devera pegar um outro mini autocarro ou turismo para prosseguir a viagem até a cidade do Luena. De Luanda até Moxico a viagem pode durar pelo menos 28 horas.

Comboio

Para o acesso de comboio primeiro é necessários chegar de carro até a província do Huambo ou Bié, depois chegar na estação de comboio  da cidade e pegar o comboio do CFB até a cidade do Luena.

Onde Ficar

Para se hospedar na cidade do Luena temos as seguintes unidades hoteleiras que poderão servir como opções de escolha:

Transporte

Em média maior maior parte da população dentro da cidade se locomovem com moto-táxi (cupapata). A cidade do Luena dispõe de transporte público urbano (mini autocarros) e também dispõe de táxi privados (Nosso Táxi).

Pratos típicos e onde comer

Alguns dos pratos típicos são os cogumelos frescos e secos conhecido popularmente como “tortulho”.

A base da alimentação é o funge, que pode ser acompanhado com ervas, folhas de mandioca, feijão, carne da caça ou peixe da chana (peixe fresco ou peixe seco).

Onde comer

Para fazer as refeições poderá visitar o restaurante do Hotel Kandamba, do Hotel IU-Moxico, Restaurante Mokalf ou ainda o restaurante do César (Hotel Kawango).

Se quiser dar uma fugida da cidade do Luena e chegar ao Dala Sul e degustar as comidas feita na barraca da Tia Eunice. Aos finais de semana está barra recebe vários clientes do município sede, é possível fazer reservas.

O que fazer

O Moxico dispõe lugares exóticos que rouba a atenção de qualquer visitante, podemos destacar os seguintes:

Visitar o Parque Nacional da Cameia

O Parque Nacional da Cameia foi considerado como parque nacional em 1957, e onde se encontram várias espécies de peixes como o caqueia, mussata, entre outros e animais como onças, nusses, pacaças e palancas. Tem uma área de 14.450Km². Está limitado anorte pelo caminho-de-ferro de Benguela, a sul com o rio Luena, a oeste com o rio Lumege e a leste com os rios Luangunge, Chifumagi, Zambeze e Lulua.

Visitar o Lago Dilolo:

O Lago Dilolo é o maior lago de águas doces em Angola, fica localizado no município de Luacano. Além de sua beleza imensurável o Dilolo é um lago de mitos e lendas.

Visitar o Alto Zambeze

No Alto Zambeze surge, para além de uma parte que é extensão da pene planície de relevo suave do centro leste, uma linha de elevações (Calunda) com mais de 1500 metros de altitude, a mais notável de toda a província, onde se encontram rápidos e cachoeiras, realçando-se o belo cenário paisagístico proporcionado pelas Quedas do Luizabo.

 

O que trazer na mala

  • Roupas de inverno;
  • Meias e cachecol;
  • Botas para mata;
  • Cremes hidratantes para pele;
  • Hidratantes labial;
  • Dinheiro em espécie;
  • Máquina fotográfica.

Dicas para gerir as expectativas

  • As instituições do poder tradicional no Moxico têm suporte na religião, no parentesco e na organização social.
  • Veneram os “mais-velhos” e as suas crenças mágico-religiosas são muito fortes, determinando a vida económica e social;
  • É uma cidade sem trânsito (fácil a circulação de automóveis);
  • A qualidade do atendimento dos serviços podem não superar as expectativas (Principalmente serviços públicos);
  • É possível se deparar com problemas de energia eléctrica;
  • No Luena funciona apenas duas redes de telefonia, Unitel e Angola Telecom;
  • Em alguns municípios não há cobertura da rede móvel;
  • Existe lugares turísticos que para ter acesso, primeiro é necessário as autoridades locais (Soba) efectuarem rituais espirituais para pedirem aos seus ancestrais a autorização de uma determinada visita. A imagem abaixo ilustra as autoridades nacionais em Angola.

O que levar para casa

  • Estátua Mwana Pó (simboliza a mulher bonita). Ilustrada na imagem abaixo.
  • Mel (um dos melhores mel de Angola);
  • Peixe da chana.

Com este guia turístico poderá usufruir de uma visita completa à província do Moxico. Diga-nos, por favor, se este artigo foi útil para si nos comentários abaixo.

Bom proveito!

pt_PTPortuguês