Malanje

Malanje é uma das províncias com os pontos turísticos mais atrativos de Angola. A cidade da tão bem conhecida pelas Quedas de Calandula e o Parque Nacional da Cangandala. Esta providencia os seus visitantes com os melhores momentos de cultura e lazer através do ecoturismo.

História

A província de Malanje é uma das províncias de Angola, localizada na região norte. A cidade de Malanje, fundada em 1852, possui uma linha férrea (desde 1909) que a liga à cidade de Luanda, o que tem permitido o desenvolvimento daquela região. Em 1932, foi elevada a cidade. Localiza-se a cerca de 423 Km de Luanda e a 175 km de N’Dalatando.

A palavra “Malanje”, teria origem na língua quimbundo, e teria como significado o termo “as pedras” (ma-lanji), existindo porém várias versões sobre a origem do nome Malanje.

Geografia e Dados Demográficos

Área total e população

A província de Malanje dispõe uma área total de 97.602 Km2, tem uma população estimada de 968.135 habitantes (Dados Censo Populacional de 2014). A população tem origem muito diversa, inserida em 3 grupos linguísticos: Kimbundu, Kikongo e Ambundo.
A língua nacional mais falada na província de Malange é Kimbundu.

Clima

O clima é tropical húmido mesotérmico, o mês mais frio é o de Junho com uma média anual de 20ºC e os meses mais quentes são os de Março e Abril, com uma média de 25ºC. Ao longo do ano registam-se duas estações: Chuvosa que abarca cerca de nove (9) meses ( Agosto a Maio) e a outra é a estação do cacimbo que vai de 15 de Maio a 15 de Agosto.

Delimitação da província

Está confinada pela República Democrática do Congo a nordeste, e pelas províncias angolanas de Uíge a norte, pelo Kwanza Norte a oeste, Lunda Norte a este, Lunda Sul a sudeste, Bié a sul e Kwanza Sul a sudoeste.

A província divide-se pelos seguintes 14 municípios: Cacuso, Caombo, Kalandula, Cambundi-Catembo, Cangandala, Cuaba Nzogo, Cunda-Dia-Baze, Luquembo, Malanje, Marimba, Massango, Mucari, Quela e por fim o município de Quirima

Como chegar

Avião

As principais  companhias aéreas comerciais voam para a província, tal como a companhia TAAG Linhas Aéreas de Angola. Chega-se até ao aeroporto doméstico de em Luanda, e depois adquiri-se um bilhete de passagem com destino à Malanje (Aeoroporto )

Autocarro

As estradas têm sido reparadas e é possível chegar à Malanje via Luanda, com as companhias rodoviárias AngoReal e Macon.

Onde ficar

Para se hospedar na província de Malanje o nosso site traz consigo as seguintes sugestões que tornarão a sua estadia memorável: Hotel Palácio Regina, Hotel Palanca Negra, ou ainda para poder estar mais próximo da natureza poderá se hospedar na Pousada Duque Bragança que proporciona uma vista maravilhosa das Quedas de Kalandula.

Transporte

Para se locomover na cidade não terá problemas, pois as opções ajustam-se a todos os bolsos:

Serviços de rent-a-car: Jetcost.

Moto táxi: Existe um serviço de moto táxi disponível em quase todos os cantos da cidade, que levam o passageirp até o seu destino final.

Transporte público: se sentir-se seguro e um pouco aventureiro para explorar esta opção, tem as vans azuis e brancas que circulam pela cidade, bem como mini-autocarros. Porém, para usá-los tem de saber para onde vai ou pedir ao auxiliar do motorista (cobrador) que lhe indique, pois as paragens não estão sinalizadas.

Pratos típicos e onde comer

Os pratos típicos são a kizaca, o usse, a carne seca e de caça, kinhanza, ginguinga (feito com miudezas), que é sempre acompanhada de funge de mandioca ou de milho.

Para degustar um pouco da gastronomia Malajina devera visitar os seguintes restaurantes: O Quintal, o restaurante Triângulo, ou ainda poderá chegar a uma barraca do mercado informal, e degustar dos pratos típicos com as mão sem ajuda do talheres (garfo e fica).

O que fazer

Nesta província encontramos os seguintes parques e reservas nacionais que são lugares de visita obrigatórias:

  • Parque Nacional de Kangandala estabelecida como reserva integral em 1963, possuindo uma área de 600 Km2. É rico em aves, como patos bravos, capotas, perdizes, pombos, entre outros
  • Reserva Florestal do Caminho-de-Ferro de Malanje que possuí 200 Km2
  • Reserva Natural do Luando, situa-se entre as províncias da Malange e Bié, com 8.280 Km2
  • Túmulos da Rainha N’Ginga M’Bandi, N’Gola M’Bandi estão situados em Kwaba N’Zóji. Entre os monumentos e sítios mais importantes, ocupam lugar de destaque os túmulos do Rei Ngola Kiluanji, da Rainha Njinga Bandi e do irmão, Mbingi a Mbandi que se encontram-se na aldeia de Mukulu a Ngola, município de Marimba. Na referida aldeia, as pessoas que cuidam dos túmulos dos Reis são pertencentes à família real. É a eles que cabe organizar a limpeza e as visitas. Os visitantes têm que vestir-se de um traje especial.
  • Pedras Negras de Pungo Andongo

Formações rochosas de grande beleza natural, onde dizem estar marcadas as pegadas da rainha N’Ginga M’Bandi e do rei N’Gola Kiluange. As Pedras Negras são um conjunto de blocos rochosos de dimensões descomunais que ocorrem na localidade de Pungu-a-Ndongo, município de Cacuso, província de Malanje. O conjunto é composto por rochas intrusivas que terão sido expostas pela erosão, ao longo dos séculos e por rochas sedimentares (arenitos e conglomerados) bem consolidados.

Pungo Andongo, é, no entanto, mais do que um simples local de ocorrência de anomalias geológicas. É um local pleno de mitos, lendas, tradições e valores culturais. Pelas suas características topográficas e geomorfológicas o Pungu-a-Ndongo chegou a servir de fortaleza para os Reis Ngola, tendo sido, nessa época, capital do Reino do Ndongo.

Quando for ao Pungu-a-Ndongo, o visitante não deve esquecer-se de visitar a Pégada do Rei Ngola Kiluanji, as Pégadas da Rainha Njinga, o Cantinho do Céu, a Pedra do Velho Caturra e a Pedra do Pomar Sagrado. Encontra-se a curta distância da Barragem de Capanda, outro ponto turístico que vale a pena visitar.

  • Quedas de Kalandula

As quedas de Kalandula constituem a fascinante atracção turística da província de Malanje e umadas mais importantes de Angola. Ocorrem, no rio Lucala e possuem cerca de 500 metros de altura. São as segundas quedas mais altas de África. Formam um arco-íris permanente e um nevoeiro ilusório. Tem um miradouro e é um local propício para passeios e piqueniques.

  • Rápidos do Kwanza
  • Barragem de Kapanda
  • Foz do Amor e Nascente do Amor, é aqui, a 15 Km da cidade, que nasce o rio Malanje

Outros Monumentos

  • Ruínas de Duque de Bragança
  • Antigo Palácio
  • Poço da Sé Catedral

As festas da Cidade acontecem a 13 de Fevereiro e o dia 4 de Fevereiro também é muito celebrado devido ao massacre da Baixa de Kassange. Em festas tradicionais, as danças típicas são a massemba e a n’buenzena ao som de instrumentos como marimba de Kalandula, Kuissange, Hungo e Tambores conhecidos como Batuques.

O que trazer na mala

  • Roupas de inverno
  • Botas
  • Creme hidratante o.para pele
  • Dinheiro vivo (ainda vivemos muito da economia informal)
  • Cartão de vacinas (caso venha de fora do país)
  • O trânsito aqui é bastante fluido
  • Boa disposição!

Dicas para gerir as expectativas .

  • Veneram os “mais-velhos” e as suas crenças mágico-religiosa.
  • É uma cidade sem trânsito (fácil a circulação de automóveis);
  • A qualidade do atendimento dos serviços podem não superar as expectativas (Principalmente serviços públicos);
  • É possível se deparar com problemas de energia eléctrica;
  • Em alguns municípios não há cobertura da rede móvel;
  • Existe lugares turísticos que para ter acesso, primeiro é necessário as autoridades locais (Soba) efectuarem rituais espirituais para pedirem aos seus ancestrais a autorização de uma determinada visita. A imagem abaixo ilustra as autoridades nacionais em Angola.

O que levar em casa

Levar uma foto da Palanca Negra Gigante

A Palanca Negra Gigante é um animal de grande porte que habita exclusivamente em Angola, com particular incidência na Reserva Natural do Luando, província de Malanje. Pela sua raridade, a Palanca Negra constitui um símbolo de Angola.

Levar a Marimba que é um instrumento tradicional musical usado nas terras de Malanje, e por fim levar os quitutes da terra.

Com este guia turístico poderá usufruir de uma visita completa à terra da Palanca Negra Gigante. Diga-nos, por favor, se este artigo foi útil para si nos comentários abaixo.

Bom proveito!

Directório

Descobrir  
pt_PTPortuguês